Censura

Você tem esse olhar instigante
Olhos que guardam segredos,
Pensamentos que você censura
E os mais loucos desejos
Que por vezes deixa escapar.

Você tem um jeito intrigante
Que mistura a mais pura inocência
Com sensualidade e malícia
E me tira do sério
Em silêncio, nem precisa falar.

E você vem toda insinuante
Com esse seu charme velado
Que me atrai e seduz
E depois não se dá conta
Do estrago que faz, do prazer,
E da dor lacerante por te sublimar.

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s